Dívidas de amor

Ninguém mais faz o que eu faço por você
Meus olhos já são seus e só você não vê
Meus beijos tem o gosto das dívidas de amor
Pense em mim pra sempre, me faça esse favor
Na hora em que eu morrer, me beija amor, me beija
Não pense nessa dor
Que eu deixo em sua boca o último desejo
O último suspiro e todo o meu amor
Aceite sempre tudo, qualquer dos meus presentes
Ah, eu me esforço tanto, que todo mundo sente
Você perdeu o rumo em algum lugar da casa
Mas fica calma, eu juro, lá fora não há nada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s