Infinitena #dia470 #dia07 #diaZeronocalendáriokalúnico*

Eu já disse que não tenho expectativas sobre esse relacionamento. E era verdade. Agora é mentira. Sabe, é como em Loki, uma coisinha de nada abre uma nova linha temporal onde tudo pode vir a ser diferente. Foi assim: a biografia do Woody Allen. Que a Renata Lins indicou. E eu que nunca esperei nada, nadinha, agora tenho essa imagem – melhor dizendo, essas – me acompanhando, zombando do meu coração blasé, das certezas e da minha fala tranquilizadora. Assim: uma rede, quatro pés de um lado, um encaixe, cabeças do outro, um livro lido com ritmo e as paradas para rir e comentar, tudo tão sincronizado como se já tivesse sido sempre, sendo – na verdade – não só a primeira, mas a única vez. Eu disse imagens, mas muda pouca coisa: o mesmo livro, os mesmos risos, o mesmo ritmo, nós. De rede pra sofá ou divã. Eventualmente duas poltronas e dois exemplares. Não será. Não seremos. Mas isso eu gostaria. Não tem depois, não tem mais, não tem outro. Seríamos o tempo do livro. Trezentos e vinte e quatro páginas. Ia escrever um apenas, mas isso, tal como aquilo, também não seria verdade. Sem mais nem depois, este momento pra guardar na gaveta dos pequenos souvenirs da vida, e ouvir o eco do bom em qualquer tempo, como ouço o som do mar evocado nas conchinhas. No diarinho da amiga, palavras cansadas saindo de férias. Estou aqui aplaudindo a ideia. Gostaria que fossem curtir a serra e tomar chocolate quente com conhaque as já exaustas “espera”, “vontade”, “moço”. Estou de recesso e consegui uma brecha no tempo, no espaço, na culpa, no medo. Sem outras gentes. Nós e o mar e o sol que mergulha no mar num de repente. Ao longe uma jangada, do outro lado um pescador de chapéu e outro de blusa vermelha. Uma borboleta nas pedras. Gaivotas pescando. Baby, eu não tenho vaga nem pra robô-aspirador quanto mais pra robô-assassino. Eu e meus filósofos ficaremos fora dessa prosa. Troquei uma alexa pela caixa com Ilíada, Odisseia e as obras completas do Machado de Assis. Eu sei que o certo é gostar da fase realista – e eu gosto. Mas também tenho um xodó por Iaiá Garcia que um dia vou tentar explicar. Se, claro, antes eu vier a entender o porquê. Eu não entendo bem mais que as três ou quatro coisas dos provérbios. A cobra nas pedras, etc. Vivo entre dúvidas e perguntas. Não quero respostas proporcionais, quero que lhe falte o fôlego de tanto que precisa me falar. Eu sei, mudei de assunto. Tenho uma bússola íntima que, bom, todo mundo já entendeu. Comecei a resposta pra amiga, não terminei. Vontade de apagar tudo, até o que já contei, pra não saber que ela pode ver o que não devia ser visto. O navio no cais para reparos já há demasiado tempo. Podia enterrar uma cápsula no quintal. Para abrir daqui a x anos. Como se a memória não fosse esse antigo projetor dos slides preferidos. Olhando pra frente, só tememos o que já adivinhamos. Ou: eu temo. Mania de colocar na primeira pessoa do plural pra ver se fica mais fácil de lidar. Spoiler: não fica. A solidão é minha. Os sonhos. Os passos. A estrada. As letras na garrafa. A ilha. Eu sou a ilha, essa metáfora tão banal. Só que com tecnologias avançadas. Pega sky, sabe. E tem wifi. Disse ela – sim, estou juntando diarinhos, corra pra acompanhar, quem quiser – que há páginas coloridas e outras não. As coloridas estão na escrivaninha, esperando coragens virarem cartas. Vou fazer um álbum privado no FB com as cores que restarem no meu vestido e no horizonte.  

WhatsApp Image 2021-06-28 at 00.41.39

Tem essa sombra que me acompanha: que você desista antes de. Porque te parece difícil, às vezes. E eu sou. Como a vida, os dias sem palavras, o dedo na quina da mesa, um jogo de final. Ou porque luminoso demais. E eu, sim, sol e gargalhadas. Estou zerando tudo. Ou tentando. Maneirar meu passo. Pra andar mais perto. Talvez a gente chegue lá. E corra pro abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s