Montevidéu: pernas pra que te quero

Eu já durmo pouco, no dia a dia, em casa. Imagina quando estou viajando. Tudo que quero é ficar na rua. Mas viajar em grupo também é se adaptar e curtir o ritmo de todos os envolvidos. Enfim, acordamos, banhos, café da manhã (com direito a doce de leite nhami nhami no lugar de geléia na torrada) e rua.

Começamos passeando pela 18 de julho, uma delícia: fonte dos cadeados, várias praças aprazíveis, Mercado de los artesanatos onde comprei um porta-chaves bonito e delicado praças, uma caminha interessante até a intendência. Visitar a Intendência é um passeio maravilhoso. Além de ter uma vista maravilhosa da cidade – subimos em um elevador panorâmico até o 23o andar), ainda é grátis.

WhatsApp Image 2017-11-06 at 12.02.05

Foi um dia de ver Montevideo de cima, depois de vermos pelo ângulo da Intendência partimos para visitar o Museu del Bicentenário. Eu amo futebol, né? passeio obrigatório. Antes do Museu passeamos pelo Parque Rodó e lá comemos comida de rua. O melhor vinagrete/chimichurri/molhinho/whatever da viagem. Fizemos piquenique e o almoço, dos três, ficou por 45 reais.

WhatsApp Image 2017-11-06 at 13.08.03

O Museu é uma delicinha. Poderia ser mais organizado, com as informações mais sistematizadas, mas pra quem ama o esporte, é de emocionar. Dá pra ficar um tempão lá dentro lembrando lances, jogadores, conquistas uruguaias, embates famosos na américa do sul… Mas é um pouco melancólico ver como a estádio propriamente dito não recebe a manutenção que merece.

IMG_20171106_142643508

E como o dia era longo, voltamos pro hotel, trocamos de roupa e fomos para a nossa “noite de gala”. Jantamos no Garcia e foi a refeição mais cara que fizemos. Mas pedimos comida a mais, com certeza tivemos o olho – e a curiosidade- maior que a barriga. Além do couvert (bem gostosinho) pedimos uma entrada de queijo provolone. Depois a comida propriamente dita: uma porção de baby beef, uma porção de rack de cordeiro e meio assado de tira. Olha, era carne demais. Pra três pessoas que comem bem, os dois primeiros seriam suficientes. Ou só o assado de tira, que é enooorme. Aí pedimos um acompanhamento cada (uma batata doce glaceada, uma batata recheada e papas fritas). Tudo isso e mais uma garrafa de vinho. A conta deu 2.950,00 pesos, com os descontos de pagar no cartão cada um pagou 904,34 pesos. Foi caro. Foi extravagante. E foi delicioso.

IMG_20171109_242518119

Depois fomos ao Hotel Cassino Carrasco. Foi divertidíssimo. Perdemos tudo que colocamos naquelas máquinas caça-níqueis, mas tivemos melhor sorte na roleta, jogamos várias vezes, perdemos umas, rimos muito, ganhamos outras. Fomos embora com o mesmo dinheiro que entramos.

IMG_20171108_215617216

o que comer em Montevidéu #preço #menu #cardápio #Garcia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s